NOTÍCIAS

Localizada em uma propriedade que era a antiga sede do grupo Monteiro Aranha e que conta com uma casa colonial no bairro da Glória, a CASACOR Rio de Janeiro 2018, conta com uma arquitetura de época, com destaque para as famosas bay windows. Bay window é um tipo de janela que se projeta para fora do edifício, e normalmente protegida por vidros. Elas ganharam popularidade nos anos de 1870 e ainda hoje são um recurso arquitetônico bastante utilizado em projetos de casas.

Esse elemento arquitetônico foi um dos desafios enfrentados pelos profissionais participantes da mostra, segundo Patricia Quentel, franqueada da CASACOR RJ. "As janelas da casa tinham um estilo mais comercial, então foi um trabalho importante deixa-las com aspecto de casa e também oferecer alternativas para este espaço", comenta.

O resultado foi surpreendente. Várias ideias foram oferecidas pelos profissionais que, com muita criatividade, trouxeram soluções que podem ser perfeitamente aplicadas em casa: hortas, jardins, biblioteca, mini galeria de arte, entre outras alternativas.

 

Bianca da Hora criou o Living Sage com o frescor de cores e estampas, intensidade de materiais e predominância da natureza. Peças de design assinado convivem com peças antigas garimpadas em antiquários. A madeira também é atuante na decoração, remetendo às casas de campo. Vasos de plantas de diversas espécies tomam o espaço da bay window, emoldurada por uma cortina leve.

 

Ana Lúcia Jucá propôs, em seu Living da Casa Viva, uma mistura dos estilos clássico e contemporâneo, com o uso da cor cinza como base, junto com o emprego de Dekton na cor de mármore e uma releitura das boiseries. Para a janela, a profissional sugeriu duas soluções: uma horta para a cozinha e um jardim suspenso na sala de estar, trazendo a natureza e a praticidade para a concepção.

 

A Sala de Descompressão, de Andrea Eiras, Aurora Grei e Carla Napolião, foi feita para que o visitante possa relaxar e desestressar do dia a adia. Tons de verde e ultravioleta auxiliam no processo, junto com os futons distribuídos nas diversas janelas do ambiente. Um painel em madeira revestem todas elas, trazendo mais aconchego.

 

Paula Neder pensou em aproveitar a vista estonteante do Rio para reformular as bay windows presentes no espaço Vista Bistrô. A arquiteta emoldurou com madeira as aberturas, trazendo a paisagem exuberante para dentro do ambiente. Tons de verde e rosa garantem o clima etéreo e sofisticado.

 

Outro espaço que aproveitou a vista linda da cidade foi o Consultório de Psicanálise, de Isabella Lucena e Paula Gusmão. Tons esmaecidos e acolhedores marcam o ambiente. No nível elevado, a bay-window se transforma em divã, com um futon de algodão macio e aconchegante. Na outra bay window, as meninas criaram um jardim com vasos de barro e suculentas, junto com uma luminária de vidro de Jader Almeida.

 

A Cozinha Alecrim, de Bernardo Gaudie-Ley e Tânia Braida, trabalhou a bay window em sua forma tradicional, aplicando persianas e usando a base para vasos de cerâmica coloridos, em sintonia com a estética do espaço, com referências retrô: azulejo quadrado branco nas paredes, piso de parquet e ladrilho hidráulico.

 

Jacira Pinheiro também preferiu manter o estilo original da bay window para a sua Suíte Zen. O resgate de detalhes arquitetônicos históricos é a proposta da profissional, que utilizou também molduras clássicas, cores lavadas e detalhes provençais, como é o caso dos vasos com lavandas dispostos na janela.

 

Na Suíte dos Filhos, Ketlein Amorim utilizou a bay window como recanto de descanso, com futon feito sob medida. Totalmente integrado, o espaço ainda assim é bem setorizado, e ganhou design moderno e jovial.

 

O Escritório do Empreendedor, de Luiz Fernando Grabowsky, as janelas são forradas de madeira escura, com paisagismo nos peitoris em uma, e uma escultura de bronze na outra. A solução foi ao encontro do projeto, que mistura materiais quentes e frios em uma composição atemporal.

 

Na Sala Carioca, Marcia Müller e Manu Müller evidenciaram o estilo de vida carioca e tropical chic, com tons de verde sobre a base branca. Neste espaço, as bay windows servem de apoio para a mesa de refeições, transformando-se em bancos confortáveis.

 

O Studio Neo traz uma solução eficiente para espaços pequenos. Monique Pampolha e Hannah Cabral projetaram dois espaços nas duas janelas existentes: a primeira abriga uma charmosa área de refeições, com um banco disposto na bay window, emoldurada por um painel de madeira; a outra, também emoldurada por uma caixa em laca preta, que recebeu iluminação pontual e ainda serve como uma bancada de trabalho, com a companhia da cadeira Coroa, de Gustavo Bittencourt.

CASACOR Rio de Janeiro 2018

Local: Ladeira de Nossa Senhora, 163. Glória

De 18 de setembro a 4 de novembro de 2018

Horário: de terça a sábado, das 12h às 21h; domingo, das 12h às 20h.

 

LEIA TAMBÉM

MATÉRIAS DECORACAO DE INTERIORES
Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso