MATÉRIAS

Algumas das “brincadeiras” permitidas pela decoração inspirada na Itália foram as lojas “atracadas” às gôndolas. Foto: divulgação

Ponte do Rialto, em Veneza, é um dos pontos turísticos mais característicos da cidade italiana que vive entre canais: a mais antiga e mais famosa ponte passa por cima do Grande Canal e recebe inúmeros visitantes diariamente. Essa foi a inspiração dos irmãos e sócios Flávia Schneider e Mateus Tulio para abrir em Curitiba a Rialto Villa Gastronômica, novo espaço em Santa Felicidade batizado em homenagem ao monumento e inaugurado neste mês.

São 17 operações que funcionam em um espaço total de 1,5 mil m². E, mesmo com a premissa de trazer para o tradicional bairro italiano comidas típicas de diferentes países, o design de interiores foi espelhado em Veneza. O projeto foi assinado pela arquiteta Rosa Dalledone e inclui casinhas coloridas; uma ponte que atravessa o ambiente, simulando um canal; e uma gôndola como as clássicas venezianas.

“Inspiradas nessa paisagem, a gente estudou propostas do que existe lá. Usamos material de demolição como portas e esquadrias para dar um ar de algo mais antigo”, relata a profissional. Segundo ela, a decoração permitiu uma série de “brincadeiras” que não são usuais em projetos tradicionais, como fazer com que as lojas estejam “atracadas” às gôndolas nas entradas. 

Todo o espaço foi revitalizado em um ano e sete meses. Antes disso, era propriedade do pai dos sócios, onde funcionava um centro comercial. “Existia uma praça aberta no meio que era ao ar livre. Foi criada uma área interna com a cobertura, feita de estrutura metálica e com áreas em vidro para trazer luz natural para dentro do ambiente”, completa Dalledone. O espaço conta ainda com soluções de otimização da ventilação, para reduzir o uso de ar condicionados. 

 

Mezanino de histórias

Um mezanino foi construído com o objetivo de resgatar a história do bairro de Santa Felicidade. Ele abriga um Museu de Antiguidades, com objetos dos primeiros imigrantes italianos que chegaram à região. “O mezanino tem uma abertura para a praça, criando um ambiente separado mas que também pode receber eventos”, explica a arquiteta.

Além do museu, a vila gastronômica também conta com um espaço kids e receberá eventos musicais periodicamente.

Fonte: Gazeta do Povo 


Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso