MATÉRIAS

O sucesso de um negócio é resultado de diversos fatores, como gestão, engajamento e perfil empreendedor. Mas quando se trata de café, bistrô ou restaurante, a composição do ambiente e os cuidados com a decoração podem fazer toda a diferença. Independente do estilo do local, a escolha de materiais adequados para o espaço é fator determinante para garantir conforto, funcionalidade e visual agradável.

Segundo a arquiteta e designer de interiores, Michelle Moreira, o cardápio é o ponto de partida para desenvolver a parte técnica, como fluxo de trabalho na cozinha, dimensionar os equipamentos, armazenamentos e as exigências sanitárias. “O menu também é considerado para identificar o tom que daremos à ambientação, para que a experiência do cliente seja completa. O papel do arquiteto e/ou designer neste momento é transferir para o espaço construído o que o chefe traduz em seus pratos”, complementa.

A paleta de cores, o estilo do mobiliário e os materiais aplicados são pensados de forma criteriosa para atingir o objetivo. Em ambientes com alto tráfego, uma das preocupações é a escolha de materiais que não absorvam líquidos facilmente, sejam fáceis de limpar e tenham durabilidade, principalmente nos estofados, que são as áreas mais utilizadas e sensíveis.

A arquiteta também diz que a sustentabilidade tem sido incorporada em diversos projetos. Como é o caso do Café Bistrô projetado para fazer parte da 2ª Mostra+Sustentável de Campinas. Desenvolvido por Michelle, com a execução auxiliada pelo engenheiro civil, Edmilson Prado, o espaço tem como inspiração os anos de 1920, época em que os metais e dourado transmitiam glamour. Encontradas em detalhes no ambiente, as referências foram tratadas com sutileza para atingir uma leitura contemporânea do estilo e a sustentabilidade integra desde a questão estética até a funcional. “Utilizamos madeira de reflorestamento, estofados com revestimentos ecológicos, reaproveitamos materiais, além de gerar eficiência energética e valorizar os recursos hídricos”, comenta. 

Para compor a decoração do Café, foram selecionados estofados e poltronas com revestimentos sintéticos da Cipatex®. “Os móveis com tecidos nobres como a seda, utilizados em 1920, foram substituídos no ambiente por estofados da Móveis Dellabruna revestidos com Corano azul marinho e Facto bordeaux, materiais bem mais resistentes e indicados para alto tráfego”, aponta Michelle.

O espaço também retrata a história do principal jornal do interior paulista. Nas paredes e mesas, estão expostas capas do Correio Popular de Campinas, em uma exposição que comemora os 90 anos do diário.

A Mosta+Sustentável vai até dia 7 de outubro no Serviço de Saúde Cândido Ferreira. No evento, o público poderá conferir 40 ambientes que foram completamente reformados com técnicas e materiais sustentáveis. Mais informações no site www.mostrasustentavel.com.br.


Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso