Obra24horas > Entrevistas >
ENTREVISTAS
 

Flávio Amary foi reeleito presidente do Secovi/SP (Sindicato da Habitação) para o biênio 2018-2020. Amary, que assumiu a condução do maior sindicato imobiliário da América Latina em um período marcado por profundas mudanças políticas e estruturais no País, está entusiasmado para iniciar esta nova gestão.

Entrevistamos o novo presidente para conhecer os planos para este segundo mandato e as expectativas do setor para 2018.

Confira a entrevista exclusiva na íntegra:

 

Obra 24 Horas: Qual será o foco de atuação da diretoria para o biênio 2018-2020?

 

Flávio Amary: Vamos defender os projetos que acreditamos importantes para o País e também para o mercado. É muito importante para o País um Estado menor, mais eficiente, que possa, dentro de uma carga tributária menor, prestar um melhor serviço para a sociedade. O setor tem problemas com os distratos, com o processo de licenciamento e aprovação de empreendimentos imobiliários, não somente na cidade e no Estado de São Paulo, mas em todo o País. Então, vamos buscar destravar e desburocratizar os processos que trazem mais custos para o produto imobiliário e menos acesso à moradia. Muitas vezes, os problemas são de legislação e outras vezes de processos enraizados no nosso País, além de hábitos ruins, que emperram a aprovação de projetos. Tudo isso faz com que a população tenha um custo mais alto do imóvel, o empresário tenha mais dificuldade de empreender e em última análise a economia cresce menos.

 

Obra 24 Horas: Quais as expectativas do mercado imobiliário para este ano?

 

Flávio Amary: O momento é muito propício para a compra de imóveis, pois os preços ainda continuam estáveis em relação aos últimos meses. No ano passado, os lançamentos residenciais cresceram 48% na cidade de São Paulo, para 28.657 unidades. As vendas de unidades novas tiveram alta de 46,1%, para 23.629 unidades. A melhora do desempenho do setor no ano passado resulta do cenário econômico, da queda da taxa de juros e do aumento da confiança do consumidor. O crescimento está ligado diretamente ao programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, porque das unidades vendidas em 2017, 41% tinha preço de até R$ 241 mil.

O comportamento do mercado imobiliário está muito ligado à recuperação econômica. Percebemos a clara movimentação da economia e o seu reflexo positivo. A queda da taxa de juros, a melhora dos indicadores da Bolsa de Valores, o ajuste cambial, a inflação baixa, o início de recuperação do emprego e da confiança do consumidor, da indústria, do empresário. Ou seja, estamos vendo todos os indicadores econômicos apontando para a direção de crescimento, e o mercado imobiliário não é diferente, porque percebemos uma recuperação nos lançamentos, nas vendas, na procura por imóveis e o preço ainda continua estável. A nossa expectativa, tanto da economia como do mercado imobiliário, é que 2018 seja muito melhor do que foi 2017.

 

Obra 24 Horas: A Reforça da Previdência é o caminho para a retomada do setor?

 

Flávio Amary: Agora, com o anúncio das 15 medidas de estímulo à economia, a regulamentação dos distratos trará  impacto mais positivo do que se a reforma da Previdência fosse aprovada agora. Há muitos textos que tratam dos cancelamentos de vendas, entre eles o do senador Romero Jucá (MDB-RR).

 

Obra 24 Horas: Quais os desafios futuros deste mercado?

 

Flávio Amary: Tomando como base as expectativas dos empresários do setor imobiliário, aliadas aos dados do Boletim Focus do Bacen (Banco Central do Brasil), é possível estimar, para este ano, crescimento nas vendas de 5% a 10%. Em relação aos lançamentos, a estimativa é que poderão ficar próximos aos números de 2017, com maior diversificação dos produtos ofertados. Para concretizar essa projeção e gerar mais empregos, é fundamental que a taxa de juros e a inflação continuem em patamares aceitáveis, que a calibragem da Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo do município de São Paulo seja concluída e aprovada, e que haja maior controle do déficit público.

 

Entrevista concedida a jornalista Isabella Robaina especialmente ao Obra24Horas.

 
 
 
Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso